Dê Play




Top 5

01:BIA MONTEIRO
: MAIS DE TI
02:KARINE SALAS
: DESCANSAR
03:ISADORA POMPEO
: SEJA FORTE
04:MARCOS E MATTEUS
: YESHUA
05:PREGADOR LUO feat. R
: SUBINDO A MONTANHA

Destaque Equipe


NOTÍCIAS DE RORAIMA

Operação Acolhida recebeu mais de R$ 630 milhões em investimentos

Desde o início de 2020 foram interiorizados mais de 12,6 mil venezuelanos imigrantes em cidades brasileiras, o que representa um investimento do Governo Federal de R$ 630,9 milhões. A informação é do Ministério da Cidadania.

Segundo a pasta, o processo de interiorização permaneceu mesmo durante o período de pandemia, porém, em menor escala do que previsto. Desde o início da crise, cerca de 31 mil vagas foram cofinanciadas para os municípios que receberam imigrantes na estratégia de interiorização, contabilizando R$ 71 milhões de investimento do Ministério da Cidadania. 

Fonte: Folha de Boa Vista







PARENTE TV


Notícias

Notícias Recentes


CONFIRA ESSA GRANDE PARCERIA

https://www.youtube.com/watch?v=VY7k0rynerU




Curta Nosso Facebook


Nossa Enquete


NOTÍCIAS ATUALIZADAS

Pacientes na Holanda e na Bélgica foram reinfectados pelo novo coronavírus, diz imprensa


Um paciente na Holanda e outro na Bélgica foram reinfectados pelo novo coronavírus, o Sars-CoV-2, segundo noticiou a imprensa holandesa nesta terça-feira (25). O relato dos dois casos europeus acontece um dia depois que cientistas de Hong Kong confirmaram o primeiro caso de reinfecção.

O paciente holandês era um idoso com sistema imunológico enfraquecido, relatou a emissora holandesa NOS, citando a virologista Marion Koopmans. O governo holandês não se pronunciou imediatamente sobre o caso.

O caso belga foi o de uma mulher que se infectou pela primeira vez em março e pela segunda vez em junho. A emissora NOS afirmou que o paciente belga apresentou apenas sintomas leves. O virologista Marc Van Ranst explicou à emissora holandesa, ao comentar o caso belga, que os anticorpos que a paciente desenvolveu na primeira infecção não eram fortes o suficiente para evitar uma nova contaminação por uma variante ligeiramente diferente do novo coronavírus.


FONTE: Portal de Notícias G1